Museu do Pico
Visita Virtual
Polo dos Baleeiros
Visita Virtual
Polo da Indústria Baleeira
Visita Virtual
Polo do Vinho

Novembro 2017

DOMSEGTERQUAQUISEXSÁB
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Museu do Pico acolhe 5ª edição do Azores Fringe Festival

O Azores Fringe Festival, da responsabilidade da Associação picoense MiratecArts, celebra 5 anos, com mais de 300 artistas e 70 eventos nas nove ilhas dos Açores.

O Museu do Pico/Direção Regional da Cultura colabora mais uma vez com o Azores Fringe Festival, o maior festival de artes dos Açores para o mundo, colocando à disposição deste evento internacional de artes os seus espaços, onde será apresentada, gratuitamente, uma variada programação:

No sábado 27 de maio, pelas 15h, o Auditório do Museu dos Baleeiros abre as portas para os participantes do III Encontro Pedras Negras. Duas dúzias de escritores de várias ilhas, do Continente e do Canadá entre conversas, palestras e apresentações de livros, juntam-se para conhecer a ilha do Pico através dos seus escritores e da sua escrita. Elaine Ávila, oriunda do Canadá, conversa sobre a escrita teatral, enquanto Lisa Furtado fala das suas obras e experiências através de viagens e Camila Farge apresenta o seu livro em performance.

Em junho, nas terças-feiras, haverá Fringe no Museu dos Baleeiros! Música, dança e teatro compreendem um vasto leque de estilos de performance que vem desde a Estónia ao Brasil, passando por várias regiões de Portugal:

A primeira terça, 6 de junho, pelas 21:30h, arranca com a gaita de foles do músico português Gonçalo Cruz, mais conhecido por GaitaMaker. O seu concerto vai ser acompanhado pela flauta da Sofia Cosme;

No dia 13, às 21:30h, é a vez do luso-francês Luis Fernandes apresentar CACO: um concerto/performance de video arte e música experimental, eletroacústica, abstrata, poética, serrana e mutante, onde as imagens, em movimento, assumem-se como partituras musicais;

No dia 20, pelas 21h, sobe ao palco uma parada de artistas multidisciplinares em performance. Vindos de São Jorge, Iuventute Virtutis, retornam ao Fringe com uma curta peça de comédia que questiona quem está mesmo a dirigir a obra. Luna, a palhaça da alentejana Maria Simões, também volta ao Pico com o solo "Foto de Família". Uma nova coreografia de Sofia Sousa, a estreia de "O" por André Sousa e "Mãe D´água" do PUF Coletivo, levam-nos até à dança contemporânea;

Para fechar o programa, no dia 27, às 21.30h, haverá novamente música, desta vez oriunda da Eslovénia e do Brasil. Julio Uça volta ao festival com "Canta Alagoas" que inclui músicas dedicadas aos Açores e inspiradas pela sua última viagem, há dois anos atrás. O duo de artistas da Eslovénia, Katja Šulc e Neja Tomšič estreiam-se em Portugal. A colisão das duas, magna & alaska, será uma performance experimental baseada em poesia, voz, efeitos loop e projecções visuais - uma atuação que se enquadra perfeitamente no espírito Fringe, um Festival que há 5 anos promove os Açores com arte e artistas.

Categoria
Data Inicial
2017-05-27
Data Final
2017-06-27
Hora Inicial
15:00
Hora Final
21:30
Voltar atrás

Optimizado para as últimas versões dos browsers:
Microsoft Edge, Google Chrome, Safari, Opera e Firefox

Desenvolvido pela Salworks